Notícias

36ª Feira da Fraternidade terá presença de grandes nomes do Forró

A 36 ª edição da Feira da Fraternidade será realizada de 09 a 12 de novembro, no Largo da Vitória e este ano terá a animação de grandes nomes do forró da Bahia, além de Banda Eva, Araketu, Pra Casar, Banda Cheiro, Dan ValenteBatifun entre outras atrações. Os convites R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia), já podem ser adquiridos com antecedência na secretaria da própria Igreja da Vitória ou nas bilheterias nos dias do evento. Também terá gastronomia nacional e internacional, bazar de roupas, artesanato e uma grande programação infantil.

Atrações de peso abrem a feira na Quinta (09/11), das 18 às 22 horas, com apresentações da Banda Eva e Adelmário Coelho. Na sexta (10/11), também das 18 às 22 horas, a noite será de forró com as bandas Ú Tal Do Xote, Estakazero, e Tio Barnabé. Já o Sábado (11/11), das 10 horas às 22 horas, a maratona de atrações começa com aula de zumba com Lu Pitanga e prossegue com o Sax by Vini, Banda Jad Som de Preta, Gambiarras Verlando Gomes e a Rural Elétrica, Movimento Escalada, Rock Forever e Pra Casar. O encerramento no Domingão (12/11), das 10 às 21 horas, vai reunir a banda Canela Fina, Yasmin Banda, Ad Santos, Batifun, Araketu, Dan Valente e Banda Cheiro.

O tradicional evento também terá solidariedade, gastronomia, arte e diversão! Esta é mistura de sucesso da Feira da Fraternidade, que há mais de três décadas vem unindo amigos e fiéis em prol das obras sociais da Paróquia Nossa Senhora da Vitória. Sob o comando do padre Luís Simões, o evento reúne atrações e atividades para todas as idades e todos os gostos. Destaque para a gastronomia, com espaços para a culinária regional, nacional e as internacionais francesa, árabe, italiana, espanhola e portuguesa. Não faltam barracas artesanato, brechó e bazar, além do Espaço D’Arte, Apostolado da Oração e o Coreto de Nossa Senhora.

Como acontece em todas as edições, a garotada tem diversão garantida no Espaço Kids, com muitos brinquedos, barraca do BrinkBrechó (brinquedos usados) e muitas atrações musicais. No sábado tem as contadoras de histórias Moina Bartilotti, Emília Nuñez, Rafael Graça e Marcos Borba, cantigas de roda do Nairzinha e Mágico Dragon. No domingo acontece o teatro do Griô, oficina de ilustração com Íris Sucato, as histórias de Renata Fernandes, o cartunista Luis Augusto e as mágicas de Dragon.

Todo o trabalho da feira é realizado por voluntários de todas as idades, envolvidos em todas as áreas da feira, como atendimento, recepção, divulgação e bilheteria. Toda a renda é revertida para as ações de caridade, divididas entre a Creche Nossa Senhora da Vitória (atende cerca de 200 crianças em regime de tempo integral); a Escola Paroquial Nossa Senhora da Vitória (oferece a educação do Ensino Fundamental a cerca de 300 pessoas, entre crianças e adultos); e o Centro Médico Esmeralda da Natividade (cerca de 2.500 atendimentos médicos e odontológicos gratuitos por mês).

SERVIÇO:
36ª Feira da Fraternidade, no Largo da Vitória
Data: 9 a 12 de novembro 2017

Ingresso:  R$5 reais (meia) e R$10 (inteira)
Horários:  Das 18h às 22h (quinta e sexta), das 10h às 22h (sábado) e 10 às 21h (domingo).

Shows: Quinta (09/11): Adelmário Coelho –  Banda Eva

Sexta (10/11): Ú Tal do Xote– Estakazero – Tio Barnabé

Sábado (11/11): Lu Pitanga (Zumba), Sax By Vini, Jad Som de Preta, Gambiarras, Rural Elétrica, Movimento Escalada,Rock Forever e Pra casar.

Domingo (12/11): Canela Fina, Yasmin e Banda, Ad Santos, Batifun, Araketu, Dan Valente e Banda Cheiro.

Fonte: site farolnews

Coliseu do Forró promove mais um Luau Bicho de Pé

Evento que já virou tradição em Salvador, o Luau Bicho de Pé está de volta no próximo dia 11 de novembro (sábado), à partir das 22hs, no Coliseu do Forró, maior casa de shows do gênero da cidade. A banda paulista Bicho de Pé, que completa 20 anos de carreira em 2018, divide o palco com a Zefa di Zeca e o Raízes Forró Clube, além do DJ Paulo André, que comanda a discotecagem nos intervalos dos shows.

As novidades da banda Bicho de Pé não param por aí, a banda traz a sua nova vocalista a cantora Carla Casarim, ex-participante do programa The Voice Brasil.

 

Os ingressos estão disponíveis e os interessados em garantir o acesso antecipado no valor promocional de R$ 30,00 já podem se dirigir aos balcões dos shoppings ou aos grupos de dança parceiros: Forró Danado, Fulô de Baião, Forró 4º andar, Balanço Nordestino, Forropolitano, Essência Academia de Dança, Forrozeando, Forrozin, Elite do Forró e Forró 100 Limites.

Maiores informações: 99317-5301.

Trio Nordestino concorre ao Grammy Latino

Prestes a completar seis décadas de carreira, o Trio Nordestino é um dos representantes do Brasil e do nordeste na 18ª edição do Grammy Latino. A indicação é na categoria “Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras” com o disco “Trio Nordestino Canta o Nordeste”, gravado pela Biscoito Fino.

O álbum é uma homenagem aos compositores nordestinos e conta com as participações do sambista carioca Zeca Pagodinho e da cantora paraibana Lucy Alves.

 

“Essa indicação é uma excelente maneira de iniciar as comemorações pelos nossos 60 anos. Já nos sentimos vitoriosos por representar o nosso amado forró  e o Brasil nesse prêmio que é um dos mais importantes da música”, declara Luiz Mário, vocalista do grupo.

 

A cerimônia de entrega do prêmio acontecerá no MGM Grand Arena, no dia 16 de novembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Tiago Yorc, Nando Reis, AnaVitória e Diogo Nogueira também estão entre os artistas brasileiros indicados.

Júlio César comanda o projeto: “Eu quero é Forró”

 

O cantor e sanfoneiro Júlio César já está aquecendo a sanfona para colocar o público do Barra33 pra dançar neste final de semana. A quarta edição do projeto Eu Quero é Forró acontece no sábado (23/09), à partir das 22hs, com um repertório de três horas de muito forró , entre canções autorais e clássicos que resgatam a poesia e o legado dos principais mestres da sanfona, como Dominguinhos e Luiz Gonzaga e Flávio José.

Idealizado por Júlio César, o projeto Eu Quero é Forró nasceu com o propósito de mostrar que o ritmo se mantém vivo durante todo o ano na cena musical de Salvador, e não apenas no período de São João.

“É preciso valorizar as canções de artistas consagrados que ainda não são ouvidas com frequência durante o ano inteiro nas rádios e festas. Um repertório amplo, selecionado especialmente para o público forrozeiro que valoriza o forró como uma manifestação artística muito rica, e que não se limita apenas aos eventos juninos”, afirma Júlio César.

Esta edição do Eu Quero é Forró contará ainda com a participação de convidados especiais, que subirão ao palco junto com Júlio César para cantar os principais sucessos de forró. Um encontro que promete mostrar a qualidade dos artistas regionais, e colocar o público para arrastar a sandália com um bom xaxado, baião e xote agarradinho.

Serviço:

Eu Quero é Forró

 

Data: 23 de setembro às 23Hs

Local: Barra33 –Rua Dias D’avila, nº33 – Farol da Barra

Quem: Júlio César, Cicinho de Assis, Maviael Melo, João Sereno, Trio Inês

Ingressos: R$25,00 no local do evento (Lista: R$15,00 – enviar nomes para juliocesareasanfona@gmail.com até 22/09)

Trio Nordestino & Convidados: Cantam o Nordeste

Depois da Limão Com Mel, Targino Gondim e Estakazero na prévia do Encontro Nacional de Forró, agora é a vez do Trio Nordestino bater palmas pelos quinze anos do Coliseu do Forró. A festa na única casa especializada no gênero em Salvador será à partir das 22 horas, do dia 15 de setembro. A noite ainda contará com Flor Serena e convidados.

 Nascido em Salvador na década de 50, o Trio Nordestino atualmente é formado por Luiz Mário – triângulo e voz (filho de Lindú, um dos fundadores do grupo), Jonas Santana– zabumba (nascido em Entre Rios, cidade natal de Lindú) e Beto Sousa – sanfoneiro (afilhado de Lindú). O grupo já gravou com grandes representantes da música popular brasileira: Fagner, Alceu Valença, Bezerra da Silva, Elba Ramalho, Dominguinhos, Alcione, Flavio José, Santana o Cantador, Genaro, Silvério Pessoa, Zeca Baleiro, Estakazero, Adelmário Coelho, Luiz Caldas, Targino Gondim, entre outros.

Em abril deste ano o grupo fez uma turnê pela Europa com apresentações em festivais de forró na França, Suíça e Itália onde o gênero tem conquistado cada vez mais espaço. Ao retornar ao Brasil, iniciaram os preparativos para o lançamento do mais novo disco: “Trio Nordestino canta o Nordeste”. O projeto, realizado pela gravadora carioca Biscoito Fino, é uma homenagem aos compositores nordestinos e conta com a participação de Lucy Alves e do sambista Zeca Pagodinho.

Criado em 1958 em Salvador, o Trio Nordestino iniciou a formação clássica do forró: um sanfoneiro, um zabumbeiro e um triângulo para dar o toque especial. Os fundadores Lindú (voz e sanfona), Coroné (zabumba) e Cobrinha (triângulo) lançaram o primeiro disco em 1962, apimentando a música brasileira com o suingue, o humor e a sensualidade do sertão.

O grupo ganhava então a benção do rei do baião: Luiz Gonzaga. Os primeiros discos saíram pela gravadora Copacabana e traziam canções de Gordurinha (“Pau – de- arara É A Vovozinha”, “Carta 100 Erros”, “Carta A Maceió”), Antônio Barros (“Chililique”, “Forró Pesado”, “Procurando Tu”), a iniciante dupla DominguinhosAnastácia (“Conversa De Motorista”), além do próprio Lindú, nome artístico de Lindolfo Barbosa. “Procurando Tu” foi o maior sucesso do Trio Nordestino, no início dos anos 70, chegando a vender cerca de um milhão de discos.

Coliseu do Forró – Comemorando 15 anos em 2017, o Coliseu do Forró é conhecido como a casa da Bahia que mais valoriza o ritmo nordestino. Lá é forró o ano todo, de todos os tipos, para todos os gostos. Conhecida como um dos principais destinos das noites de sexta-feira e sábado, já passaram pelo palco nomes como Trio Nordestino, Adelmário Coelho, Zelito Miranda, Estakazero, Quininho de Valente, Nando Cordel, Santana o Cantador, Targino Gondim, Estakazero e Flávio José.

Sendo a única casa que já trouxe o grande ícone nordestino Dominguinhos, quatro vezes à Salvador. Por isso, este ano a decoração será em homenagem ao grande nome do forró. Quando se fala em estrutura, o Coliseu é referência por proporcionar muita comodidade ao público. O espaço conta com dois bares, banheiros climatizados, garçons volante e capacidade para acomodar 800 pessoas, sendo 300 sentadas e 500 em pé. O estacionamento é facilitado na porta do estabelecimento, trazendo mais comodismo aos clientes.

 

Serviço 

“15 anos do Coliseu do Forró”

Quem: Trio Nordestino, Flor Serena, Magary Lord, Nádia Maia, Eugênio Cerqueira, Marquinhos Café, Quininho de Valente, Geraldinho Lins.

Quando: 15 de setembro às 22Hs

Onde: Coliseu do Forró 

Valor: R$40,00

Mais Informações: (71) 99316 – 7901

Classificação 18 anos